Hoje seria o dia que eu colocaria aqui uma matéria que saiu no jornal de duas semanas atrás. É algo sobre 100 coisas que mudaram no Rio de Janeiro (logo, seria um tópico mais voltado para os cariocas). Mas me deu uma coisa de escrever alguma coisa sem sentido. Uma coisa que não tem nada a ver com o resto, mas me deu essa vontade e agora eu vou ter que ficar enrolando aqui. Hehehehe...
Bom, eu estou com um grave problema. Uma vontade incrível de entrar para o grupo "Doutores da Alegria". Eu queria entrar... sair visitando os doentes nos hospitais e fazer palhaçada para tentar arrancar um sorisso... Não sei porque, mas escrevendo isso me lemberi do meu primeiro "paciente" no estágio. Pedro, tadinho... ele foi paciente em todos os sentidos... hehe... eu estava nervosa, nem consegui colocar ele na bicicleta para ele fazer exercício. Ele tinha uns 10 anos, pelo que eu me lembre. Eu morria de rir com ele, porque ele era a única criança da clínica. O resto era todos idosos com bursite, tendinite, dores na lombar e problemas com o ciático. Até hoje eu me arrependo de ter largado esse estágio, mas eu ficava com raiva da fisioterapeuta. Não pela pessoa, mas pela profissional... ela não tinha isso de ética. Deixava os pacientes as vezes sozinhos e eu tinha que correr para a sala para salvar os pobres infelizes. Teve uns que até se queimaram com a falta de tudo daquela mulher. No fim, ela ficava conversando do lado de fora enquanto eu ficava com os pacientes dela. Eu já estava fazendo tudo, ela só aparecia na hora de sair e ainda dava tchau... safada ela!
Sei que nada tem a ver isso, mas como eu disse me deu vontade de escrever tudo. Coisas sem sentido, coisas que já aconteceram faz tanto tempo que eu nem lembrava mais... lembrei hoje... tanto é que estou escrevendo de manhã. Foi um "Bum" que me deu agora e eu tive que vir escrever. Huahauuha...
Mas o post vai ficar pequeno assim mesmo... Talvez amanhã eu volte...


Beijos e até a próxima!


Se Quiser
Tânia Mara

Se quiser fugir
Pra qualquer lugar que for
Nem precisa me chamar
Tão perto que eu estou

Mas seu medo de perder
Não te deixa me olhar
Esqueça o que passou
Que tudo vai mudar

Agora eu posso ser seu anjo
Seus desejos sei de có
Pro bem e pro mal você me tem
Não vai se sentir só, meu amor

Sempre que quiser um beijo
Eu vou te dar
Sua boca vai ter tanta sede de me tomar
Se quiser
Sempre que quiser ir as estrelas
Me dê a mão, deixa eu te levar

Eu penso te tocar
Te falar coisas comuns
E poder te amar, o amor mais incomum
Não deixa o medo te impedir
De chegar perto de mim
O que aconteceu, ontem
Não vai mais repetir

E desde então estar contigo
Seus desejos sei de cor
Pro bem e pro mal você me tem
Não vai se sentir só, meu amor
Se quiser

Sempre que quiser um beijo
Eu vou te dar
Sua boca vai ter tanta sede de me tomar
Se quiser
Sempre que quiser ir as estrelas
Me dê a mão, deixa eu te levar

Me deixa ser real, e te ajudar a ser feliz
Por que eu sou o seu fogo
Tudo o que você quis
Tudo que você quis

Sempre que quiser um beijo
Eu vou te dar
Sua boca vai ter tanta sede de me tomar
Se quiser
Sempre que quiser ir as estrelas
Me dê a mão, deixa eu te levar (2x)




Escrito por Julie �s 11:27:53



[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Meu Deus do céu, o que tem sido minha vida??
Eu estou toda atrapalhada com a faculdade, estou sem ânimo de estudar e estou feliz por ter conseguido a minha vaga na turma de Anatomia Humana II.
Sabe o que esta faltando na minha vida neste momento? Tesão para fazer as coisas. (hahaha, tirei essa frase  de "Presença de Anita".)
Eu estou feliz com as coisas, estou feliz com a minha vida, estou feliz com o rumo que ela está tomando, mas ainda assim está faltando alguma coisa para me deixar mais animada. Eu sempre chego na faculdade feliz, com vontade de estudar e vontade de aprender, mas esse semestre... hã hã... essa vontade ainda não me pegou de jeito depois das férias. O que é errado, já que quarto período é o começo. Os outros três a gente estudou mais matérias normais de qualquer curso da área da saúde, mas no quarto começou a ter as matérias específicas da Fisioterapia. E justamente agora que eu estou sem esse fôlego novo para estudar. Mas o bom é que eu sei que é passageiro. Talvez agora em setembro que é quando começam as primeiras provas, eu comece a sentir esse "tcham" que esta faltando. Eu sei que ele vai chegar... eu sei, e não vai demorar... hehehe :)
Enquanto isso, a obra aqui de casa ainda está enchendo o saco. É tanta poeira que eu nem consigo respirar. Certo que aqui em casa estava mesmo precisando de mais um banheiro, que em uma casa de quatro pessoas não podia ser só um e que agora sim vai ficar bom. Mas me deu nos nervos, entendem? Minha irmã esperta fica em casa enquanto eu tenho que ir com meus pais procurar piso, azuleijo, vaso, pia etc. E nem tenho como fugir, porque o cartão que compra é o meu... e ainda fico sem limite... ainda bem que tenho um que ninguém sabe que existe... hahaha... eles são espertos, mas eu sou muito, muuuuuuito mais!
O que esta pegando mesmo agora é a falta de dinheiro para mim. Tipo, tenho o dinheiro, mas não quero gastar...  Acho que todo mundo já passou por isso, de ter o dinheiro para fazer *aquela* coisa que quer, mas fica com pena de gastar e acaba não fazendo nada. É isso que está acontecendo comigo, infelizmente. Eu quero muito ir no cinema, mas fico pensando que vou gastar seis reais em cada entrada... e desisto. Eu sei que é horrível essa minha coisa, mas só Deus sabe tudo que eu já passei por não ter dinheiro. Agora que tenho meu pouquinho, eu quero guardar tudo... hehehe...
Esse post está sem graça, mas é porque minha vida está sem emoções fortes que me façam ter crises de criatividade fertil e tudo mais. Eu estou feliz, e isso é tudo que importa para minha vida linda no momento.
Beijos e até a próxima


Que C'est Triste Venise

Charles Aznavour

Que c'est triste Venise
Au temps des amours mortes
Que c'est triste Venise
Quand on ne s'aime plus

On cherche encore des mots
Mais l'ennui les emporte
On voudrait bien pleurer
Mais on ne le peut plus

Que c'est triste Venise
Lorsque les barcaroles
Ne viennent souligner
Que les silences creux
Et que le coeur se serre
En voyant les gondolles
Abriter le bonheur
Des couples amoureux

Que c'est triste Venise
Au temps des amours mortes
Que c'est triste Venise
Quand on ne s'aime plus

Les musées, les églises
Ouvrent enfin leurs portes
Inutile beauté
Devant nos yeux déçus

Que c'est triste Venise
Le soir sur la lagune
Quand on cherche une main
Que l'on ne vous tend pas
Et que l'on ironise
Devant le clair de lune
Pour tenter d'oublier
Ce que l'on ne se dit pas

Adieu tous les pigeons
Qui nous ont fait escorte
Adieu Pont des Soupirs
Adieu rêves perdus

C'est trop triste Venise
Au temps des amours mortes
C'est trop triste Venise
Quand on ne s'aime plus




Escrito por Julie �s 22:58:23



[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Existem aqueles dias em que você não tem absolutamente nada para falar, mas só não quer deixar que o seu blog fique abandonado. A casa está em obra, só tenho ido para a faculdade e voltado. Não tem nada para fazer, a não ser vir aqui para o computador, procurar um texto bom da Clarice Lispector e colocar no blog... quem sabe assim parece que esse blog é meio cultural... huhauhua...
Beijos e até a próxima!

Vida ao Natural
Clarice Lispector

Pois no Rio tinha um lugar com uma lareira. E quando ela percebeu que, além do frio, chovia nas árvores, não pôde acreditar que tanto lhe fosse dado. O acordo do mundo com aquilo que ela nem sequer sabia que precisava como numa fome. Chovia, chovia. O fogo aceso pisca para ela e para o homem. Ele, o homem, se ocupa do que ela nem sequer lhe agradece: ele atiça o fogo na lareira, o que não lhe é senão dever de nascimento. E ela - que é sempre inquieta, fazedora de coisas e experimentadora de curiosidades - pois ela nem se lembra sequer de atiçar o fogo: não é seu papel, pois se tem o seu homem para isso. Não sendo donzela, que o homem então cumpra a sua missão. O mais que ela faz é às vezes instigá-lo: "aquela acha", diz-lhe, "aquela acha ainda não pegou". E ele, um instante antes que ela acabe a frase que o esclareceria, ele por ele mesmo já notara a acha. Não a comando seu, que é a mulher de um homem e que perderia seu estado se lhe desse ordem. A outra mão dele, a livre, está ao alcance dela. Ela sabe, e não a toma. Quer a mão dele, sabe que quer, e não a toma. Tem exatamente o que precisa: pode ter.
Ah, e dizer que isto vai acabar, que por si mesmo não pode durar. Não, ela não está se referindo ao fogo, refere-se ao que sente. O que sente nunca dura, o que sente sempre acaba, e pode nunca mais voltar. Encarniça-se então sobre o momento, come-lhe o fogo, e o fogo doce arde, arde, flameja. Então, ela que sabe que tudo vai acabar, pega a mão livre do homem, e ao prendê-la nas suas, ela doce arde, arde, flameja.


Pigalle

Georges Ulmer

C'est une rue
C'est une place
C'est même tout un quartier,
On en parle, on y passe
On y vient du monde entier.
Perchée au flanc de Paname
De loin elle vous sourit,
Car elle reflète l'âme
La douceur et l'esprit de Paris

Un petit jet d'eau
Une station de métro
Entourée de bistrots,
Pigalle.
Grands magasins
Ateliers de rapins
Restaurants pour rupins,
Pigalle

Là, c'est le chanteur des carrefours
Qui fredonne les succès du jour,
Ici, l'athlète en maillot
Qui soulève les poids de cent kilos,

Hôtels meublés
Discrète ment éclairés
Où l'on ne fait que passer,
Pigalle
Et vers minuit
Un refrain qui s'enfuit,
D'une boite de nuit,
Pigalle.

On y croise
Des visages
Communs et sensationnels,
on y parle des langages
Comme à la tour de Babel
Et quand vient le crépuscule
C'est le grand marché d'amour,
C'est le coin où déambulent
Ceux qui prennent la nuit pour le jour.

Girls et mannequins,
Gitanes aux yeux malins
Qui lisent dans les mains,
Pigalle
Clochards, came lots
Tenanciers de bistrots,
Trafiquants de coco,
Pigalle

Petites femmes qui vous sourient
En vous disant: "Tu viens chéri"
Et Prosper qui dans un coin
Discrète ment surveille son gagne pain,

Un petit jet d'eau,
Une station de métro,
Entourée de bistrots,
Pigalle
Ça vit, ça gueule
Les gens diront ce qu'ils veulent
Mais au monde y'a qu'un seul
Pigalle.




Escrito por Julie �s 14:23:22



[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Caramba, como as coisas aqui estão agitadas.
A minha casa entrou em obra essa semana, está tudo de pernas para o ar. Poeira que voam rapidamente para cima dos meus livros e dos meus filmes. Poeira no meu quarto. Poeira no meu computador. Poeira por todos os lados e cantos da minha linda - maravilhosa, gostosa, aconchegante, legal, colorida  - casa.
Eu já entrei em desespero e tudo mais... e ainda tive que ir em um rodízio de pizza no meio da semana e tals... para agradar todo mundo que me cerca e acabei ficando sem dinheiro e ainda um pouquinho mais pobre.
E sabe, hoje vai ser mais um desses posts sem sentido. Hehehe... só para falar, hoje eu finalmente comprei o dvd da minissérie "Presença de Anita". Desde que o dvd foi lançado que eu quero comprar. Eu não sei o porque, mas Anita mexeu comigo. Eu vi a minissérie nas duas vezes que passou na televisão e comprei o livro do roteiro feito por Manoel Carlos, e esse eu já li umas três ou quatro vezes... nem tenho mais certeza... hehehe...
Minha semana tem sido muito ruim. Hoje, para me divertir um pouquinho, fui assistir um show em um clube. Eu não sabia, mas o show era de uma igreja... huahua... só tinha católicos levantando os braços para louvar o Senhor. Claro que eu entrei na dança também, já que eu estava lá. Mas foi engraçado. E não tinha nada para beber sem ser água, guaracamp e refrigerante. Não tinha uma cervejinha e nem um Ice para animar um pouco aquele "super" evento. E a mulher que estava apresentando é famosa! É sim, eu me lembro de já ter visto ela em alguma novela. Pena que eu não peguei o nome para tirar uma onda aqui e tals... huahuahua...
Ah, estou cansada demais para escrever. Fica ai um textinho legalzinho do "mago" Paulo Coelho que eu achei por aqui... Devia ter pego um da Clarice Lispector...
Beijos e até a próxima!


¯¨´*·~-.¸¸,.-~*´¨¯¨´*·~-.¸¸,.-~*´¨¯¨´*·~-.¸¸,.-~*´¨¯¨´*·~-.¸¸,.-~*´¨¯


Atenção com o aliado
[Paulo Coelho]

Um guerreiro não anda com quem lhe quer fazer mal. E tampouco é visto em companhia daqueles que lhe desejam "consolar".
Evita quem só está ao seu lado em caso de derrota. Estes falsos amigos querem provar que a fraqueza compensa.
Sempre trazem más notícias. Sempre tentam destruir a confiança do guerreiro - sob o manto da "solidariedade".
Quando o vêem ferido, desmancham-se em lágrimas, mas, no fundo de seus corações, estão contentes porque o guerreiro perdeu uma batalha. Não entendem que isto é parte do combate.
Os verdadeiros companheiros de um guerreiro estão ao seu lado em todos os momentos, nas horas difíceis e nas horas fáceis.


Ne Me Quitte Pas
Maysa

Ne me quitte pas
Il faut oublier
Tout peut s'oublier
Qui s'enfuit déjà
Oublier le temps
Des malentendus
Et le temps perdu
A savoir comment
Oublier ces heures
Qui tuaient parfois
A coups de pourquoi
Le coeur du bonheure

Ne me quitte pas
Ne me quitte pas
Ne me quitte pas

Moi je t'offrirai
Des perles et des pluie
Venues de pays
Où il ne pleut pas
Je creuserai la terre
Jusqu'après ma mort
Pour couvrir ton corps
D'or et de lumière
Je ferai un domaine
Où l'amour sera roi
Où l'amour sera loi
Où tu seras reine

Ne me quitte pas
Ne me quitte pas
Ne me quitte pas

Ne me quitte pas
Je t'inventerai
Des mots insensés
Que tu comprendras
Je te parlerai
De ces amants-là
Qui ont vu deux fois
Leurs coeurs s'embraser
Je te racontrai
L'histoire de ce roi
Mort de n'avoir pas
Pu te rencontrer

Ne me quitte pas
Ne me quitte pas
Ne me quitte pas

On a vu souvent
Rejaillir le feu
De l'ancien volcan
Qu'on croyait trop vieux
Il est paraît-il
Des terres brûlées
Donnant plus de blé
Qu'un meilleur avril
Et quand vient le soir
Pour qu'un ciel flamboie
Le rouge et le noir
Ne s'épousent-ils pas

Ne me quitte pas
Ne me quitte pas
Ne me quitte pas

Ne me quitte pas
Je ne vais plus pleurer
Je ne vais plus parler
Je me cacherai là
A te regarder
Danser et sourire
Et à t'écouter
Chanter et puis rire
Laisse-moi devenir
L'ombre de ton ombre
L'ombre de ta main
L'ombre de ton chien
Ne me quitte pas

Ne me quitte pas
Ne me quitte pas
Ne me quitte pas




Escrito por Julie �s 22:57:35



[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Eu chego a estar ainda (muito) tonta  pelo que me aconteceu há um pouco mais de uma hora ( e meia???) atrás.
Eu sei que pode - e é - uma coisa idiota. Todo mundo sabe que eu tenho verdadeiro pavor de barata. Eu consigo sentir a barata mesmo que ela ainda não esteja entrado no meu quarto. Mas hoje, eu não senti. Ela estava aqui, no meu quarto! E eu não vi quando ela voou para cima de mim... ela pousou no meu rosto! Ela andou por mim. Eu não sei o que fiz, só sei que de repente eu estava na cozinha tomando água com açucar que meu pai teve que me dar.
Eu tenho medo de barata. Pânico! Eu tenho baratafobia. O ruim é que não sei se a barata morreu. Eu fiquei durante uma homa sentada na porta do quarto, assistindo "Premonição 2" com o acnto do olho para poder procurar algum sinal de vida da barata. Faz mais de uma hora e meia que ela apareceu, e até agora eu não sei se ela morreu. Tipo, já arrastei camas, bati com vassoura pelo quarto, joguei veneno pelos cantos... mas estou com medo de procurar mais fundo e ela sair do seu esconderijo e me pegar. E agora não tenho onde dormir. Minha casa está em obra, tem poeira em cada centímetro e nenhum lugar onde dormir. Meu pai foi para o sofã, e minha irmã está dormindo na cama com minha mãe. Ou seja, eu sobrei.. ou eu não durmo, ou durmo aqui no meu quarto correndo o risco de ser atacada pela maldita , sfada, filha da puta da barata.
O ruim é que agora eu vejo qualquer sombra e escuto qualquer barulho e fico pensando que é a barata surgindo. Chega a ser engraçada esta cena, mas é horrível o que está acontecendo aqui. Eu fico sentindo que estou sendo observada pelo bicho tenebroso. E ainda estou assistindo esse filme sobre premonições e tals, estou morrendo de medo. E se a barata for uma premonição???? O_o 
Mas minha irmã pensou que eu fosse desmaiar. EU tremia... foi assustador essa barata... mas eu quero saber como eu vou dormir. Não vou ficar com essa barata aqui no meu quarto, e não posso dormir em outro lugar... aff... que saco de vida e de obra que apareceu por aqui.
Eu estou passando mal. Meu rosto está todo vermelho de tanto que eu esfrequei... tinha que passar uma barata em mim, era só isso que faltava para o meu dia ser uma completa merda... droga.
Beijos e até a próxima!


How Could An Angel Break My Heart
Toni Braxton

I heard he sang a lullaby
I heard he sang it from his heart
When I found out thought I would die
Because that lullaby was mine
I heard he sealed it with a kiss
He gently kissed her cherry lips
I found that so hard to believe
Because his kiss belonged to me

How could an angel break my heart
Why didn't he catch my falling star
I wish I didn't wish so hard
Maybe I wished our love apart
How could an angel break my heart

I heard here face was white as rain
Soft as a rose that blooms in May
He keeps her picture in a frame
And when he sleeps he calls her name
I wonder if she makes him smile
The way he used to smile at me
I hope she doesn't make him laugh
Because his laugh belongs to me

How could an angel break my heart
Why didn't he catch my falling star
I wish I didn't wish so hard
Maybe I wish our love apart
How could an angel break my heart

Oh my soul is dying, it's crying
I'm trying to understand
Please help me

How could an angel break my heart
Why didn't he catch my falling star
I wish I didn't wish so hard
Maybe I wished our love apart
How could an angel break my heart




Escrito por Julie �s 22:49:55



[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


DEZ PEDIDOS DE UM CÃO AO SEU DONO
Ulrich Klever, Zoólogo

01) Minha vida dura apenas uma parte de sua vida; qualquer separação de você significa sofrimento para mim. Pense muito nisso antes de me adotar.

02) Tenha paciência e me dê um tempo para que eu possa compreender o que você espera de mim. Você também nem sempre entende imediatamente as coisas.

03) Deposite sua confiança em mim, pois eu vivo disso e vou compensá-lo por isso mais do que ninguém.

04) Nunca guarde rancor de mim se eu aprontar alguma, e não me prenda "de castigo". Você tem outros amigos além de mim, tem seu trabalho e seu lazer - mas eu só tenho você.

05) Converse comigo. Eu não entendo todas as palavras, mas me faz bem ouvir sua voz falando só para mim.

06) Pense bem como você, seus amigos e visitas me tratam. Eu jamais esqueço.

07) Também pense, quando você quiser me bater, que eu poderia facilmente quebrar os ossos da mão que me machuca, mas que eu não lanço mão deste recurso.

08) Se alguma vez você não estiver satisfeito comigo, porque estou de mau humor, preguiçoso ou desobediente, imagina que talvez a minha comida não esteja me fazendo bem ou que tenho estado muito exposto ao sol, ou que meu coração já está um pouco cansado e fraco.

09) Por favor, tenha compreensão comigo quando eu envelhecer. Não pense logo em me abandonar para adotar um cãozinho novo e bonitinho. Você também envelhece.

10) E quando chegar meu último e mais difícil momento fique comigo. Não diga "não posso ver isso". Com sua presença tudo fica mais fácil para mim. A fidelidade de toda a minha vida deveria compensar este momento de dor.


She

Elvis Costello

She
May be the face I can't forget.
A trace of pleasure or regret
May be my treasure or the price I have to pay.
She may be the song that summer sings.
May be the chill that autumn brings.
May be a hundred different things
Within the measure of a day.

She
May be the beauty or the beast.
May be the famine or the feast.
May turn each day into a heaven or a hell.
She may be the mirror of my dreams.
A smile reflected in a stream
She may not be what she may seem
Inside her shell

She who always seems so happy in a crowd.
Whose eyes can be so private and so proud
No one's allowed to see them when they cry.
She may be the love that cannot hope to last
May come to me from shadows of the past.
That I'll remember till the day I die

She
May be the reason I survive
The why and wherefore I'm alive
The one I'll care for through the rough and ready years
Me I'll take her laughter and her tears
And make them all my souvenirs
For where she goes I've got to be
The meaning of my life is

She, she, she




Escrito por Julie �s 21:32:35



[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Meu Deus do céu, mas que sofrimento eu tenho passado nessa última semana.
Muitos acharão que é idiota, mas eu não consigo esquecer que a Nanda morreu na novela e eu ainda continuo extremamente abalada com a morte da personagem O_o Estranho se tratando de mim, mas não impossível... sou humana, né?
Eu não estou conseguindo entender o porque dessa minha reação perante uma novela, mas eu estou abalada. É uma sensação muito estranha essa morte, porque eu sinto como se tivesse acontecido comigo algo parecido... não sei explicar... só sei que eu não consegui me recuperar ainda do choque que eu sofri por causa de uma novela. Maravilhosa, mas é uma novela... (alías, nada a ver entrar nesse assunto, mas eu sempre sonhei em um dia ser uma Helena de Manoel Carlos. Me imagino andando na praia e ele chegando e me oferecendo o papel... idiotice, mas não deixa de ser um sonho legal... haha)
De resto, minha vida continua a mesma coisa de sempre: faculdade, aulas chatas etc... Minha distração é o livro maravilhoso da Agatha Christie que eu estou lendo. O nome é "A aventura do pudim de Natal". Na verdade, o livro é composto de seis histórias: cinco do maravilhoso detetive belga Hercule Poirot e uma de Miss Marple (ela é meio sem graça, mas é inteligente também...) Desde que eu li o primeiro livro da Agatha que eu me apaixonei! São quatro meses e onze livros comprados e ainda pretendo comprar todos os outros. Estou até agora arrependida de não ter comprado os lirvos dela que eu achei em um sebo lá em Penedo... mas vou procurar nos sebos daqui e provavelmente eu vou achar os livros dela em algum lugar... ela não é a escritora mais vendida do mundo a toa, né?
Hoje também começou a Festa Literária Internacional de Paraty, a FLIP. Ah... como eu queria estar lá. Se Paraty já é fantástica sem feira, imagina agora Paraty com uma festa literária internacional? É bom ver uma coisa dessas para tentar assim fazer que a leitura comece a ser amada por todos... o triste é saber que a festa está em Paraty, e eu estou na capital do estado... tão perto (só três horas de carro) e tão longe.. ah... ah... Paraty agora está fervendo de livros e eu aqui =/ Ano que vem eu quero estar lá... e quando cismo com algo ninguém me segura =p
Essa semana também tive uma grande briga com meu amor... eu fiquei tão chateada, mas do que eu já estava. Eu estou com saudade dele, mas o erro é dele e eu não quero pedir desculpas por uma coisa que não sou eu a culpada. E tem o dedinho do orgulho nisso tudo... e agora, José? Quem vai abaixar primeiro a cabeça? Fingir ou reconhecer um erro são as alternativas que restaram... só que já são cinco dias até agora... e nada se resolveu... eu estou com medo de que nem se resolva...  ("... amor I love you U, amor I love you U ...")... Ai vida...
Nossa... mais um post sem sentido nenhum... será que algum dia eu voltarei a escrever aqueles textos ótimos que eram elogiados por muitos? Falta a inspiração... acho que com tanto problema na minha cabeça, esse pequeno fator que separa um blog-diário de um blog inteligente ficou esquecido em algum canto da minha massa cinzenta... Não que um blog diário não seja inteligente. São sim (claro, existem excessões). Eu não teria um blog diário se eu não gostasse desse estilo. Afinal, é preciso falar da sua vida de forma inteligente para prender quem está lendo. Imagina se eu ficasse falando na linguagem miguxes e só contando sobre aulas, inimigos, que arrumei o quarto etc. Eu amo² meu blog... demais... e amo blogs de pessoas que escrevem nesse como se fosse um diário. Mas algum dia, ela (a inspiração) volta... eu sei que volta... basta ter uma extrema paciência e esperar... esperar... esperar e esperar...
Beijos e até a próxima...


Pra ser sincero
Marisa Monte

Eu era tão feliz
E não sabia, amor
Fiz tudo o que eu quis
Confesso a minha dor
E era tão real
Que eu só fazia fantasia
E não fazia mal
E agora é tanto amor
Me abrace como foi
Te adoro e você vem comigo
Aonde quer que eu voe

E o que passou, calou
E o que virá, dirá
E só ao seu lado, seu telhado
Me faz feliz de novo
O tempo vai passar
E tudo vai entrar no jeito certo de nós dois
As coisas são assim
E se será, será
Pra ser sincero, meu remédio é te amar, te amar
Não pense, por favor
Que eu não sei dizer
Que é amor tudo o que eu sinto longe de você




Escrito por Julie �s 22:57:42



[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]


Eu fiquei tão chocada com a morte da Nanda em "Páginas da Vida" que todo o texto que eu iria escrever aqui hoje simplesmente desapareceu da minha mente. Pela primeira vez em vários anos luz eu ia escrever um texto decente, que iria passar alguma mensagem positiva para o povo que ainda perde o tempo lendo o meu blog, mas quando a Nandinha fechou os olhos eu chorei tanto que a idéiazinha que surgia desapareceu e voltei ao ponto X de não ter nada para fazer aqui.
Então eu resolvi falar rapidamente sobre a influência das novelas na população brasileira.
É incrível, mas é verdade. Ninguém está ligando para a guerra no Líbano, mas todo mundo sabe de cor e salteado o depoimento histórico da D. Carmen na novela, que tive que teve seu primeiro orgasmo ouvindo a música "Côncavos e Convexos", do Roberto Carlos. Ninguém se preocupa em ajudar ao próximo, mas se preocupam em saber como a Helena pode gostar do José Mayer (não sei o nome do personagem, uai) mesmo depois de toda a safadeza que ele aprontou com ela. Eu confesso que amo² as novelas do Manoel Carlos, mas devo admitir que (graças a Deus) o fato de estudar de noite me ajudou a esquecer um pouco as novelas e prestar mais atenção na realidade que está me cercando. O que não impediu de me fazer sentir uma grande pena da Nanda e até chorar com a morte da personagem. Sei lá... a novela me acompanhou durante minhas férias e Nanda virou uma amiga... E eu entendi porque esse fascínio da população com novelas... aff...
Mudando do assunto do nada, eu ainda não coloquei aqui os meus horários de aula... hehehe... coloca-los-ei xD

Segunda:
18:20 / 19:00 - Métodos e Técnicas de Tratamento em Fisioterapia
19:00 / 19:40 - Métodos e Técnicas de Tratamento em Fisioterapia
19:40 / 20:20 - Cinesioterapia
20:40 / 21:20 - Cinesioterapia
21:20 / 22:00 - Cinesioterapia
Terça:
18:20 / 19:00 - Métodos e Técnicas de Avaliação em Fisioterapia
19:00 / 19:40 - Métodos e Técnicas de Avaliação em Fisioterapia
19:40 / 20:20 - Métodos e Técnicas de Avaliação em Fisioterapia
20:40 / 21:20 - ----------
21:20 / 22:00 - ----------
Quarta:
18:20 / 19:00 - ----------
19:00 / 19:40 - Diagnóstico por Imagens
19:40 / 20:20 - Diagnóstico por Imagens
20:40 / 21:20 - Diagnóstico por Imagens
21:20 / 22:00 - ----------
Quinta:
18:20 / 19:00 - ----------
19:00 / 19:40 - ----------
19:40 / 20:20 - ----------
20:40 / 21:20 - ----------
21:20 / 22:00 - ----------
Sexta:
18:20 / 19:00 - ----------
19:00 / 19:40 - Fisiologia do Esforço
19:40 / 20:20 - Fisiologia do Esforço
20:40 / 21:20 - Patologia dos Órgãos e Sistemas
21:20 / 22:00 - Patologia dos Órgãos e Sistemas

Tudo ótimo, senão fosse o fato de na quinta eu não ter aula. É que esse horário ficou reservado para, quem deve, fazer dependencia de Anatomia Humana II... mas eu me inscrevi e não tive como fazer por falta de vagas. A turma lotou... E quando eu digo lotou, é porque lotou mesmo... e lotou muito. Uma pena porque eu estava super afim de fazer Anatomia... O que sou eu sem meus cadáveres ensopados de formol? Sem os pulmões espumando formol... sem as cavidades do corpo formando piscinas de formol... aaaah... que saudade das aulinhas de anatomia... que saudade dos meus defuntos maravilhosos, das artérias com sangue coagulado... Eu quero estudar e não tem turma... É a situação se invertendo... ai ai... crescendo e aprendendo...
A primeira semana de volta as aulas foram ótimas. Gente, agora estou no quarto período =O A metade da faculdade quase já ficou para trás e agora, daqui para a frente, o bicho pega com todas as letras. Nada que impeça momentos de felicidade... hehe... terça Carol, Vanessa, Cris e eu já fomos para o rodízio... afinal, não é todo dia que começamos o quarto período do curso de fisioterapia.
Mas eu amo a faculdade... amo mesmo! Nunca pensei que fosse falar isso em algum momento da minha vida, mas o que sou eu sem a faculdade??
Fico por aqui... e não esqueçam de doar para o http://www.globo.com/criancaesperanca 
Beijos e até a próxima!!!


O Vento

Los Hermanos

Posso ouvir o vento passar,
assistir à onda bater,
mas o estrago que faz
a vida é curta pra ver...
Eu pensei..
que quando eu morrer
vou acordar para o tempo
e para o tempo parar:
Um século, um mês,
três vidas e mais
um passo pra trás?
Por que será?
...vou pensar.

- Como pode alguém sonhar
o que é impossível saber?
- Não te dizer o que eu penso
já é pensar em dizer
e isso, eu vi,
o vento leva!
- Não sei mas
sinto que é como sonhar
que o esforço pra lembrar
é a vontade de esquecer...
e isso por que?
Diz mais!
Uh... se a gente já não sabe mais
rir um do outro meu bem então
o que resta é chorar e talvez,
se tem que durar,
vem renascido o amor
bento de lágrimas.
Um século, três,
se as vidas atrás
são parte de nós.
E como será?
O vento vai dizer
lento o que virá,
e se chover demais,
a gente vai saber,
claro de um trovão,
se alguém depois
sorrir em paz.
Só de encontrar... ah!...




Escrito por Julie �s 22:56:55



[ ] [ envie esta mensagem ] [ link ]





[ p�gina principal ] [ ver mensagens anteriores ]

.:: Humor ::.



Agenda de Janeiro

-> 7 - 3 anos e 6 meses de namoro

-> 11 - Projac


Nome: Juliana, muito prazer.

Mas me chama de...: Ju, Julie ou Juju.

Idade: 23 anos.

Deus me jogou aqui dia: 3 de Junho, portanto sou de Gêmeos.

Moro no: Rio de Janeiro.

Atualmente...: Estudando para concursos públicos.

Religião: Católica.

Sou a favor: Aborto (em casos), Eutanásia (pra que prolongar a vida de alguém que já não tem esperanças?) e a restauração Monarquia no Brasil.

Orkut: Juliana CHN.

Gosto de...: Ler, ir ao cinema, escutar música, assistir filmes, andar pelo shopping, estudar anatomia, tirar fotos, ir em teatros e shows, dormir e acordar a hora que eu quiser, viajar etc.

Odeio: assistir filme dublado, acordar cedo, dormir cedo, pagode, sertanejo, funk, esperar, cigarro, gente lerda, baratas e qualquer inseto que voe, calor, praia, mentira, falsidade, pessoas ignorantes que jogam lixo no chã0 e ah... eu odeio muitas coisas! (vide minhas comunidades no Orkut).

Na TV...
*CSI
*CSI: New York
*CSI: Miami
*Lost
*V
*Gilmore Girls
*Cold Case
*Old Christine
*Dr. House
*Vídeos Incríveis
*Os Simpsons
*Fórmula 1
*Filmes :)

Livros:
*O Senhor dos Aneis
*Jovens Esposas
*Uma vida interrompida: memórias de um anjo assassinado
*Sorte: um caso de estupro
*Harry Potter
*O diário de Anne Frank
*O Código Da Vinci
*Anjos e dem�nios
*Fortaleza Digital
*Ponto de Impacto
*A s�rie "O di�rio da Princesa"
*Marley e Eu
*As Cinco Pessoas Que Voc� Encontra no C�u
*Por Mais Um Dia
*A Li��o Final
*A Cabana
*O Diabo veste Prada
*Mem�rias de Uma Gueixa
*Todos do Paulo Coelho
*Todos da Agatha Christie
*Muitos, muitos outros...

Filmes:
*"O Senhor dos Aneis"
*"Olga"
*"O labirinto do fauno"
*"Constantine"
*"O diario de Bridget Jones"
*"O Amigo Oculto"
*"Star Wars"
*"O �leo de Lorenzo"
*"X-Men" (triologia)
*"Uma mente brilhante"
*"Sete anos no Tibet"
*"O Paciente ingl�s"
*"E se fosse verdade..."
*"Sr. e Sra. Smith"
*"Assassinato no Express Orient"
*"Piratas do Caribe"
*"O Curioso Caso de Benjamin Button
*"PIAF: Um Hino ao Amor
*Etc...


.:: Blogs Amigos ::.

Meu flog
Meu filho antigo
Blog da Pri
Blog da Debora
Blog da Ariane
Blog da Polly
Blog da Si
Blog da Marina
Blog da Daniele
Blog da Cynthia
Blog da Sarinha
Blog da Marina
Garota Veneno
Menininha
Blog da Gaby
Blog da Marilia
Cora Ronai
Ivete Sangalo
Claudia Leitte
Bruna Surfistinha
Pitty Webo
Meg Cabot (em ingl�s)

.:: Besteirinhas xD::.


FisioBrasil
Inter Fisio
Anatomia Humana
Gabriela Sou da Paz
N�s Podemos
Monarquia
Brasil Imperial
Cute Kitty
Letras de Musicas
Wallpapers
Assustador
Falha Nossa
iGirl
Carcasse|Bibli�tafo
Fontes gr�tis
Museu Imperial
Happy Tree Friends
Angry Alien

..::Avalia��es::..

Blog da On�a: Nota 10 (Agosto/2005)

Blorgh!: Nota 10 (Setembro/2006)

..::Tops::..

Ouro na categoria Melhor Post do concurso "nothinG New Awards".

Ouro na categoria Mais atalizado do concurso "nothinG New Awards".

Prata na categoria Mais atualizado do concurso "Award Fairy Tales".

2� lugar no concurso "Meu blog � �nico V.2"

Top 20 no concurso "Rock in Roll".

Top 20 no concurso "O melhor blog do m�s de outubro".

Top 20 no concurso "The powerpuff girls"

Top 25 no concurso "Blog mais Foda".

Top 25 no concurso "Blog mais Foda V.2.

Top 25 no concurso "Meu Blog � d+!

Top 30 no concurso "Dark Memories"

Top 40 no concurso "Death Note Contest".

Top 50 no concurso "Little Gothic".

Top 50 no concurso "Gothic Immortal"

Top 75 no concurso "Black Cat"

Top 75 no concurso "Meu lado Dark".

..::Concursos::..

Nenhum concurso no momento.


.:: Vota��o ::.

.:: Indica��o ::.


.:: O passado ::.

01/12/2010 a 31/12/2010
01/11/2010 a 30/11/2010
01/08/2010 a 31/08/2010
01/12/2009 a 31/12/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/10/2008 a 31/10/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004
01/12/2003 a 31/12/2003
01/11/2003 a 30/11/2003
01/10/2003 a 31/10/2003
01/09/2003 a 30/09/2003
01/08/2003 a 31/08/2003
01/07/2003 a 31/07/2003
01/04/2003 a 30/04/2003

.:: Contador ::.